quarta-feira, 5 de março de 2008

Ser Super

Hoje li que alguém se sentia o Máximo. Compreendo. Sempre adorei Super-Heróis.
E a vida deles não é fácil...para quem conhece os da Marvel, sabe que não é pêra-doce combater Super-Vilões e manter diálogos e monólogos interessantes enquanto se desfere um raio mortal ou se lança um automóvel contra o bicho...
Aqui vai a versão palestiniana no feminino, do Capitão América, um dos meus favoritos. A música é dos Mirwais (Definitive Beat). O filme, Intervention Divine. Um dos melhores que vi nos últimos anos...
Podem chamar-me estranho. Já me habituei...

É só clicar no textinho que vai a bold...

4 comentários:

Afrika disse...

O grande mito... a Super mulher! talvez mais actual do que em 70. Sera k passaremos de isso?

Rocket disse...

Aeon Flux, Ultraviolett, o 5º Elemento, Elektra, Sigourney Weaver em Alien...até nos filmes de artes marciais...enfim. mais escreverei sobre isto, porque acho que a mulher está a ganhar um estatuto no imaginário dos heróis e considero isso facto de estudo.
Acho que já é uma realidade, o mito.
Aliás, considero a mulher um ser superior, em muitos aspectos...
Segundo os últimos estudos sociológicos, chegou-se à conclusão que é o elemento feminino que prepondera nas decisões no seio das famílias...

Maria Manuela (M&M) disse...

Tu és estranho.....
LOL
beijos

Rocket disse...

M&M

Aiiiii!


;-)

bjs