segunda-feira, 31 de março de 2008

A conspiração

Existe uma conspiração. E é contra mim!
Eu explico: de cada vez que me situo numa fila qualquer, quer para comprar um bilhete de cinema, quer para uma exposição, num supermercado... sei lá...em qualquer fila, as conversas que ouço em volta, sobretudo nas minhas costas, possuem o teor mais imbecil que eu poderia imaginar...só ouço disparates, enormidades, uma exibição verbalizada de inactividade cerebral...
Estou ali, quietinho e caladinho que nem um rato, fingindo que não ouço, mas as minhas orelhitas de spock apercebem-se disso...
Nas minhas costas, todo um mundo de gente estúpida faz a sua vidinha e não partilha a sua parvoíce comigo! Milhões, ziliões talvez!
Uma conspiração... porquê? Porque, interagindo eu com todo o tipo de gente durante todo o dia, nessa interacção o tal nível de imbecilidade não se nota.
Será que, por eu me encontrar presente, as pessoas fazem um esforço extra para não dizerem os disparates que ouço quando me mimetizo na multidão? Que terei eu? Meto medo?
Tirando a minha quase ex-assistente, que é a rainha das tias e que com orgulho e pompa ostenta a sua ignorância ao perguntar-me o que significa a palavra "ocasional" quando lê os e-mails das amigas com os lábios a mexer, ninguém tem conversas do calibre das que ouço por aí... As mesmas pessoas que protagonizam as conversas mais estúpidas, se por acidente comunicam comigo articulam imediatamente o seu discurso...é espantoso!
Também quero! É uma conspiração!
Churchil afirmava que quem quisesse arranjar argumentos de peso contra o conceito da democracia teria apenas que passar cinco minutos a falar com um eleitor qualquer...
Bem, comigo não funcionava. As pessoas começam logo a comportar-se como candidatas ao Nobel...
De que forma posso potenciar isto? Pedindo um subsídio ao Estado aludindo à minha importância cultural pelo facto de estimular um comportamento cuidado? Aceitam-se ideias!

14 comentários:

Afrika disse...

"Em Roma se romano"
Beijo grande BB

Rocket disse...

afrika

Prefiro continua invisível, enquanto não equacionar melhor a questão do subsídio...
BJ G BB

Magucha disse...

Parece que fostes amaldiçoado com um cérebro, e influência positiva sobre os imbecis. Importas-te que te clone uns milhares de vezes, para ver se o nível de imbecilidade geral diminui?

Por acaso não te chamas Zé? É que fazes falta! ;)

Bjo

Rocket disse...

maguinha

não, não me chamo zé e não não me importo que me clones, embora depois a minha cotação diminua...mas eu sou generoso :-)


Bjinhos maguinhos

Magucha disse...

Rocket,

Posso clonar só a parte que faz ligar o cérebro nas outras pessoas, para não te baixar a cotação! E passas a ser considerado um serviço de utilidade pública!

Bjinhos

Rocket disse...

maguinha

já me cheira a subsídio...huuuum


bjinhos maguinhos

Em Bicos de Pés disse...

O que significa "potenciar"? ;P

Kikas disse...

Por isso é que não podemos ser todos doutores e engenheiros. A própria Natureza encarrega-se de fazer a Selecção Natural, até ao nível das habilitações académicas!

(Dúvida existencial: será que estou a falar de mim? Eh eh eh)

Rocket disse...

em bicos de pés


...elevar uma quantidade a qualquer potência.


bjos

Rocket disse...

kikas

é uma conspiração, é o que é...

Afrodite disse...

"mas eu sou generoso :-)", dizes tu, e eu diria: e também modesto.

Para ti, slave,....
You got me forced to crack
my lids in two
I?m still stuck inside this rubber room
I gotta punch the clock that
leads the blind
I?m just another gear in the assembly
line - oh no

o meu beijo.

Rocket disse...

afrodite

...oh no...

bjinhos

Carla disse...

olhas queres mesmo saber...compra tampões para os ouvidos...a estupidez anda a multiplicar-se a olhos vistos...o mal não é só teu
bjs

Rocket disse...

carla

Nãoo...aí é que está! Eu gosto! É como ver aquelas bizarrias nas feiras antigas só que em forma verbal...ah ah ah! Eu queixo-me é do contrário...

Beijinhos