quarta-feira, 26 de março de 2008

Cassiano Branco

Costa da Caparica. 2008. Algumas das melhores praias
da Europa cercadas por um bairo de lata gigante em que
o concreto substitui latão e zinco... por camadas.

Mas podia não ser assim.
Se em vez de patos-bravos, facilistas, xicos-espertos e autarcas corruptos, a tarefa de urbanizar e arquitectar a Costa tivesse sido entregue ao senhor de que trata este livro: Cassiano Branco.
Não é sempre que um designer formata conteúdos que o apaixonam, e não é sempre que a entidade que os fornece possui um nível de excelência como o autor, o arquitecto Paulo Tormenta Pinto. Quando isso acontece o resultado só pode ser um: qualidade. E é num mar de qualidade e excelência que decorre a existência criativa de Cassiano.

Wim Wenders, em Until The End Of The World recorreu à escadaria do cinema Éden para evocar o futuro...

15 comentários:

Maria Manuela disse...

Ñão consigo entender como é que os nossos melhores arquitectos desenvolvem projectos fantásticos lá fora e cá, num país com uma costa como a nossa, só se vêm bárbaros a projectar e construir...

Ai Marquês de Pombal... volta !!!

bjos

Afrika disse...

Eu gosto de Patos bravos! Mas tb gosto muito de agua e tigres! mas isso sou eu... que nada percebo do assunto!
Quanto ao post, pena não termos mais gente como o Cassiano... e excelentes profissionais como quem escolheu a capa pra o livro!

Rocket disse...

M&M

Nunca ninguém pensou ainda no dia em que acontecer um incêndio florestal nas praias lá do fundo...

Os espanhóis duma terra só de calhaus fizeram torremolinos e outros assim...


bjos

Rocket disse...

Afrika

Eu tb gosto de tudo o que é brabo :-)

O Clark Kent agradece... quando o vir...


bj BB :-)

Magucha disse...

As praias da costa eram das melhores da Europa. Hoje em dia estão a encolher a um ritmo tão acelerado que não sei se ainda existirão em 2008... Graças às grandes bestas que construiram os mamarrachos e construções selvagens que existem, e às ainda maiores bestas que, ou autorizaram a construção, ou não demolindo as construções ilegais, foram coniventes com a sua proliferação.

A Maria Manuela tem razão - volta Marquês do Pombal! É urgente alguém com pulso firme, nenhum facilitismo e uma boa dose de implacabilidade para garantir que se constrói consoante um plano de urbanização bem estruturado, e qualquer construção abusiva é imediatamente demolida às custas do construtor!

Não conhecia a obra de Cassiano Branco - pela amostra parece ser um fenomenal urbanista!

Rocket disse...

maguinha

O pior na costa está para vir...


bjinhos

PEP disse...

A dimensão evocativa do livro é um produto do talento do designer, que compreendeu a intenção do conteúdo do texto e o soube representa-lo em forma de livro. É como uma musica em que todos os instrumentos se encontram numa mesma melodia.

A criação é sempre uma partilha....

Helena disse...

Qualquer dia deixamos de ter costa... :(

Estão a destruir tudo o que nosso País tinha de bonito...


Beijinho

Rocket disse...

pep

Foi, decerto, uma honra para o designer ser dirigido pela excelência de tal maestro na orquestração de um magnífico conteúdo.


abraço

Rocket disse...

helena

Um dia vou escrever sobre o pior que pode acontecer na costa, mas espero que não aconteça mesmo, seria uma desgraça de tamanha magnitude...


beijinhos grandes

Anónimo disse...

Ana disse...
Ah o projecto (anos 30) entao utopico do Cassiano!Que bom seria que tivesse sido realizado!
Mas quanto a Torremolinos,por favor Rocket,poupa-me essa visao!Bem melhor,Calpe!
Beijinhos

Rocket disse...

Ana

Calpe ou escalpe o que é certo que os outros de calhaus fazem paraísos e nós de paraísos fazemos calhaus... né?


Bjinhos

Rocket disse...

Ana

Queria dizer Benidorm, tb não é muito melhor, né...

Anónimo disse...

Ana disse....
Por acaso foi transmissao de pensamento eu também pensei em Benidorm,é horrivel cheio de prédios altissimos e feios...Torremolinos nao...é bem melhor!
Bjs

Julio Amorim disse...

Portugal...nunca mereceu Cassiano !

http://cassianobranco.tripod.com/