terça-feira, 12 de agosto de 2008

vortex

Comecei o Slave no dia 6 de Fevereiro.
Cinco dias depois cumpriria quarenta e cinco anos de vida.

Não é nada. Nem pelas minhas contas, nem pelas de quem olhe para mim e resolva fazê-las.

Acabei dois casamentos, há dez anos atrás. Simultaneamente. Duraram quase o mesmo tempo. Um com a mãe da minha cria e o outro com a mãe dos meus outros filhos (aqueles que encontram nas bancas e que já referi aqui), uma empresa de comunicação social que depois foi absorvida por um grande grupo, de onde saí por fim, para tentar o empresariado.
Desde essa altura mantive, a estes dois níveis, uma quantidade inimaginável de relacionamentos.
Tão grande que poderia olhar para mim como um predador afectivo e um mercenário sem causa.
Mas não tal não acontece. Muitas vezes houve, nos dois campos, que quis acreditar. Quis mesmo, mas, na verdade...não. Não acreditava, de todo.
Se existe uma qualidade invulgar que eu possua, é a que em seguida refiro e que mencionei aqui: consigo tudo o que quero.
Não O que me parece que quero... Refiro-me aquilo que sei que já é meu antes do objecto reclamado dar por isso...
Desde o começo do Slave, que a minha vida entrou numa vertigem que não transpareceu, de todo, para quem vem aqui ler. E isso porque se espera que este blog se encontre sempre dinâmico.
O quê, deixas-me sózinha na tua cama?...Fui trocada? Por um bloooog?...
Já viram isto? Não me larga...nem o meu colo, nem o meu portátil... Parece-me que já chega, não achas? Já estou a ficar com formigueiros...
Na verdade, ao Slave, como tudo em que pego, dediquei-me, e sou fiel.
Não é piada.
Posso manter o vínculo mais ligeiro seja com o que for, mas sendo-o, é para cumprir com zelo. Parece um contrasenso, para quem passou por tanta situação. Mas, talvez seja por isso mesmo, que eu tenha passado por tantas delas, e que elas me caiam facilmente nos braços. Sou sério, numa da cada vez. E sei como isso é valorizado.
Hoje passei os olhos no Slave em jeito de flashback, para dar continuação ao desafio da Coragem, o tal dos três posts. Cada tópico publicado lembrava-me, ou alguém, ou algo a que me encontrava vinculado profissionalmente na altura. Estes sete meses foram vertiginosos nisso. Sabem quando a água chega ao fim do ralo e de repente acelera o vortex por onde se esvai? O fim destes sete meses foi assim, a nível afectivo e profissional.
Cada pessoa nova que conheço, dilui-se. Olho (sim, olho, é verdadeiro, o tempo verbal) para cada uma com carinho, mas sei que, felizmente, nunca conseguirá chegar ao topo do meu penhasco.
Somos todos animais voadores. Mas eu voo muito, muito alto. E lá de cima observo o voltear elegante e simpático dos outros pássaros, ouço-lhes o chilreio... temendo o grito de outra águia como eu. Quero-me só. E o que anunciei ontem explica o porquê. Sempre quis isto, sempre o esperei. E só assim lá chegava.

E, não. Não sou, nem um predador afectivo, nem um mercenário.
Há para aí, uma dezena ou mais, de anos da minha vida, que o comprova...

Sou apenas uma peça dum puzzle ainda não concebido...
.

66 comentários:

pinguim disse...

Não gosto de lamber botas a ninguém, nem nunca o fiz...
Tenho um conceito de amizade muito "sui generis", que é tão elástico como exigente; uma das coisas que mais detesto nas pessoas é a estupidez e naturalmente admiro quem sabe ser culto; valorizo muito, talvez demasiado, a sinceridade e gosto de pessoas que arriscam, pesando os prós e os contras quer da cabeça quer do coração.
Por tudo isto que acima expus, considero este post um texto excepcional, de um homem que sabe estar, sabe dizer e sabe decidir na hora própria; é de pessoas como tu que vale a pena ser amigo, acredita-me.
Abraço.

Mlee disse...

Mano,
E que puzzle!
"nunca conseguirá chegar ao topo do meu penhasco" ... sounds familiar :)
É claro que te queres só.
És um predador sim, não de afectos, mas de tudo o que a vida te proporciona, tudo mesmo.
Aos meus olhos, isso não faz de ti o tal "máximo", apenas uma pessoa que gostava de manter no meu universo mais próximo.
Beijo grande, a que se segue "a minha não declaração favorita" & u know :)

vita disse...

Oh ternurinha emocionaste-me com este texto.

É assim que te vejo, sincero, fiel, objectivo e com grande força de viver e lutar por aquilo que queres.

Como amiga posso dizer que és fiel, carinhoso, atento e um ombro para chorar sempre que preciso, e para rir sempre que queremos.

És um ser humano bom, nunca te imaginei como predador, todas as relações que tiveste deram certo enquanto duraram, até porque tinhas o coração ocupado com o teu destino, o que tinhas traçado.
Até nisso és fiel, pois na "incondição" se não poderes partilhar um futuro não te prendeste em demasia, não por falta de tentativas, mas por o coração ter decidido à muito o que queria.

Por tudo o que és e significas para mim tu sabes, desejo-te o melhor lá por terras africanas, pois lá como aqui sei que serás igual a tu próprio, honesto, fiel, um grande homem.

Um beijo doce meu

vita disse...

Ah esqueci querido os dois textos que mostras são cinco estrelas também, gosto imenso do assassino verde, andava cá há pouco e foi uns dos textos mais longos teus que li e na altura fiquei muito impressionada, embora agora ache normal e já os li todos.;)

Mais um beijo docinho

Tá-se bem! disse...

Rocket man, quando for "grande" quero ser como tu!

És o maior! Já to tinha dito...

Predador? Tu és mas é um lamechas, que açambarca os sentimentos sem fazer alarido!

Só não faço mais elogios, senão ainda me chamam nomes.. loooool

Abração :)

Silvia F. disse...

Bem... o que dizer... escreves lindamente mas entender-te é que é mais complicado. Também não importa pois não me parece que queiras que te entendam, tens uma forma de estar peculiar... isto vindo de alguém que te "conhece" muito pouco mas que gosta de te ler.
Como não tive oportunidade no outro post de te desejar muitas felicidades, faço-o aqui! Se fores pelo Kenya, quem sabe ainda nos encontramos por Nairobi ;))
Dedico-te a música dos Toto "Africa"... que é? Está mal? olha, gosto dessa música! Pronto...

Beijinhos de muito sucesso!

Rocket disse...

pinguim

obrigado pela tua amizade.
a estupidez para mim é como o frio, apenas uma sensação. e afasto-me de locais frios.
a inteligência é o meu maior estímulo. e um dos maiores presentes que me podem oferecer é uma troca de ideias elevada...
até mesmo, no caso duma mulher, até o caminho para a minha intimidade...bem isto é quase um ensaio sobre...
e sou sincero. para quem merece, meu amigo.

um abraço

Rocket disse...

mlee

eu, a ti, quando for a altura... também choro, sabes?
sei que te faço falta.

beijo

Rocket disse...

vitinha

ser como sou é uma grande ajuda em muita coisa, mas atrapalha, noutras. já estive lá quando pequeno. vamos ver.

o teu comentário é um dos melhores textos teus. mostra algo de ti que conheço há muito ou não fora teu amigo. mas será uma forma de outros conhecerem melhor esta mulher que aprecio.

um beijo enorme

Rocket disse...

vitinha

outra vez? impressionada? sim, sei impressionar...
sou uma espécie de ruído quase subsónico, grave, emitido por uma coluna do meu tamanho, quase no máximo... mas inaudível...

Rocket disse...

tá-se bem!

pelos teus elogios e pela quantidade de flanco que ofereces se vê o ser humano que és... excelente.

um enorme abraço

Rocket disse...

silvia.f

conheço a música dos toto...está lá no armário do começo da minha adolescência...obrigado.
peço-te desculpa pelo aparente hermetismo do texto.
é uma explicação de quem é o homem que escreveu e publicou outras coisas que alguns conhecem. se leres para trás, compreendes. não é nenhuma seca, garanto-te. se não gostares devolvo-te o que pagaste... : )

muitos beijinhos

D.Antónia Ferreirinha disse...

Rocket, os teus textos não são os de interpretação mais fácil, apesar de muito bem escritos. Os leitores subentendem o que se encontra por trás das linhas, mas tu talvez sejas o único que lhes conhece o verdadeiro significado.
Comentá-los? Não é tarefa fácil porque os mesmos estão carregados de figuras de estilo.
Neles existem comparações que por vezes não se entendem, porque a tua vida conhece-la tu. Existem metáforas que nada mais é que comparações sem elementos, que a nós leitores, permitam fazer as tais associações.
Hipérboles, ironias, eufemismos…e tantas outras que nem lembra e até desconheço.
Mediante tudo isto e sem querer comentar as tuas opções de vida, não te consigo rotular nem de presa nem de predador, de sensível ou insensível, de emocional ou racional. Traçaste objectivos que como a maioria de nós traça, uns, provavelmente bem sucedidos, outros nem tanto. Não te acomodaste. Pensaste de forma racional nos momentos pós divórcios e quiçá pré divórcios, continuando a lutar para conseguir a montagem do dito puzzle, que a par e passo vais construindo. Por tudo isto te digo, continua a tua saga, persegue os teus objectivos, porque o importante será muito provavelmente o resultado final, pelo qual mantiveste a tua luta, abdicando de certa forma, de sentires mais profundos, na esperança que raízes não fossem criadas. Raízes que te poderiam eventualmente impedirem, do progresso traçado.
Admiro-te como pessoa. Admiro-te como amigo. Admiro-te como blogger.
O lado emocional está lá, quando tens uma palavra amiga, quando tens um gesto ou atitude de carinho por qualquer um de nós que educadamente te visita e te comenta.
E por tudo e por tudo.
És lindo.
Desculpa a extensão do comentário, se achares que não deves publicar, estás à vontade.
Beijinho carinhoso.

Rocket disse...

d.antónia ferreirinha

não tem mistério nenhum, o que escrevo. tu leste tudo lindamente e tudo compreendeste, amiga.
a minha definição e de tudo o que se passa está aqui.
toda a palavra e gesto que tu sentes é genuíno.
mas também tenho um reverso. sou extremamente duro no combate.

mas também levo na cara, como todos. tento com isso aprender algo e fortalecer o couro...

enfim...só quem é lindo consegue ver-me assim...

beijo apertado

D.Antónia Ferreirinha disse...

Hei "gaijo" eu não sou linda, sou normal e é exactamente da forma como escrevi , a imagem que tenho de ti.
Aqui o lindo e o bom, és tu, rsrsrsrs.
Beijinho ó foguetinho emigrante.

Rocket disse...

d.antónia ferreirinha

convence-te disso, do que afirmei. porque é verdade.

beijo, querida

Patti disse...

Muito poucos de nós, sabem o que fazer com a vida o ou que querer dela.

O mistério está em perceber que somos muitos ao mesmo tempo e que a vida encerra muitas outras dentro dela e que tudo em fusão com o factor tempo torna tudo demasiado expectante.
E enquanto estivermos perdidos e baralhados em probabilidades, não caminhamos para diante.

A vida que vive contigo presentemente, com este teu 'eu' de agora, escolheu o caminho dela.
Daqui a uns anos será diferente e espero que nessa altura, com outra vida e outro 'eu' menos indivíduo, não penses com felicidade sobre alguém "que nunca conseguirá chegar ao topo do teu penhasco."
Se a peça do teu puzzle, nunca encontrar o seu destino, é triste, mesmo que subas ao penhasco mais alto, estarás sozinho e o homem nasceu para dar e receber.

Felicidades.

Rafeiro Perfumado disse...

Estava para fazer uma graçola em que eu seria outra águia a ver-te de cima, mas a frase ficaria algo "bem me pareceu reconhecer essas costas" e achei melhor não.

Em todo o caso, a blogosfera é uma amante exigente, pois se não nos leva o dinheiro, pelo menos exige-nos muito tempo. E quando não a satisfazemos a esse nível, ela vinga-se, deixando de nos visitar e de comentar, borrifando-se para o facto de termos outros projectos ou prioridades no momento. A vaca...

Abraço!

Silvia F. disse...

Ah mas é óbvio que vou ler o que escreveste até aqui... aprecio muito a tua escrita, a forma como te defines e expões os teus sentimentos... espero que virão muitos mais!
Se não gostar devolves-me o que paguei?? Olha que só aceito devoluções em género, mais precisamente com o corpo portanto... pois, o vortex tá-me a dar ataques de parvoices! Não ligues :)

Beijinhos

miriamdomar disse...

Rocket,de tanto ouvir falar em ti , resolvi conhecer um pouco do teu rhythm!:)
E realmente, lendo os teus textos, confirmo que és uma boa peça de puzzle!heheheh:))
A vida é feita dos vários puzzles que conseguimos conceber enquanto vivemos !Por aquilo que dizes, já criaste vários puzzles!
Gostei da tua puzlemania, continua!
Felicidades
Bjs

vita disse...

Eu gostava de saber porque raio não tenho beijinhos no segundo comentário..;P

Beijoooooooo docinho

Eh eh

Moon_T disse...

Caro Rocket
como recente blogger entendo-te na perfeiçao quando referes a devoçao para com o blog, penso o mesmo.

no que concerne às experiencias de vida, sao mesmo isso, experiencias da vida, servem para viver e aprender e que nunca se caia no erro de as menosprezar ou mesmo esquecer! Boas ou más fizeram de nós quem somos hoje. Há que lhes dar valor.

identifico-me bem com este teu post e , tendo ja sido chamado :
estranho; feitio da merda ; feitio "especial" ; entre outros milhentos adjectivos, compreendo tambem na maior concordancia que somos mesmo uma peça de um enorme puzzle e peça como nós só encaixa num sitio: no sitio certo.
nao há duas peças iguais e ainda bem que assim o é.

obrigado pela partilha.

Casal Tuga disse...

Pareces saber bem o que queres da vida e isso nos dias de hoje é raro!

Continua....

Beijos & Abraços

Rocket disse...

patti

comigo nunca estarei e estarei sempre...só.
acreditas que sou feliz?

sou feliz, apesar de tudo.

Rocket disse...

ah e... patti

nada me impede de dar. dou sempre. mas não gosto de receber, ninguém sabe o que quero...

Rocket disse...

rafeiro perfunmado

ah ah

é verdade. é um segundo emprego. mas além do prazer que me dá, tenho um inato sentido de responsabilidade...sou careta. eh eh

abração

Rocket disse...

silvia f

o meu corpo é bom pagador... : )...na verdade, se soubesse o que sei hoje, tinha começado a cobrar logo de início... acredita que ficava rico... e não era pouco...

aparece sempre.

beijo

Rocket disse...

miriamdomar

e logo eu que não gosto de puzzles...e ocorre-me essa imagem...

mas ouviste falar de mim ou leste falar de mim?

se ouviste falar de mim é grave... a minha identidade secreta está comprometida...
irei conhecer a tua graça, plustard...

beijos

beijinhos

Rocket disse...

vitinha

tu queres beijinhos meus? tenho a barba que parece lixa... e outra vítima com a cara vermelhísima...nem sei de ria ou se me aguente...rsrsrs

é impressionante o que pode acontecer antes de um homem morrer ou partir... ou então... é só comigo...

beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiijjjooooooooosssss

Rocket disse...

moon_t

o meu puzzle, onde eu pertenço, desconfio que serei eu a criá-lo... a história o dirá. aliás é história o que vou fazer. há uns anos atrás, quase fiz...

na alemanha seria um trabalhador normal. mas cá tenho o tal do mau feitio, a nível profissional.

sabes o que eu digo? quando quero algo bem feito, vou ter com a pessoa mais insuportável que encontrar. sei que estarei bem servido... e pago pouco.

mas percebo-te

um abraço

Rocket disse...

casal tuga

as raridaes existem. e ainda bem. pena é terem de morrer para deixarem de ser encaradas como ameaça e começarem a ser faróis...

bjos & abraço

blueminerva disse...

És um condor, que sabe a que velocidade e altitude voa. Melhor de tudo, é teres sentido de orientação, porque sabes para onde vais. Se somos todos animais voadores, acho que sou um galináceo que tantas e tantas vezes estica o pescoço aos céus e arregala os olhos de cada vez que avista um condor. Assim és tu... admirável.
beijos muitos

Rocket disse...

sereia

tu não és galináceo algum. um dia irás descobrir quem tu és...
o teu habitat é elevado, e muito.

beijo no pescoço, debaixo do lóbulo esquerdo, a respirar os cabelos teus...

xunana disse...

Já estou com saudades tuas!

Beijão

Rocket disse...

xunaninha

amiga...

beijão

kitty disse...

Ainda ontem estava a pensar que ás vezes tomo decisões sem pensar nas consequências.Decisões importantes! Por acaso até agora ainda não me desiludi, mas podia perfeitamente ter acontecido e eu nem pensei nisso quando decidi! E depois olhamos para trás e avaliamos as nossas decisões. Penso que foi isso que fizeste hoje. E de resto sou como tu, quando me decido a fazer alguma coisa, empenho-me mesmo nela de verdade. Beijoca

Rocket disse...

kitty

se calhar não te dás conta, mas fazes uma avaliação imediata de tudo o que envolve essa decisão. o instinto também é uma forma de inteligência... ando a adiar um tópico sobre isso...

beijoca

Pearl disse...

Acredito no "quero terei" sempre...

Tu sabes que será teu antes da coisa/pessoa/situação saber, é muito interessante esse sensor em ti!!Não sentes nem uma ponta de insegurança quando te encaminhas para aquilo que queres!? eu sinto sempre e atrapalha-me sempre tambem!
Estes sete meses foi uma espiral de tanta coisa para mim tambem em que ganhei perdi mas estou aqui, acho que bem!
Predadores há muitos sem sombra de duvida mas que fazer?! sou desconfiada por natureza, uso esse factor para me proteger!
Quanto a seres um predador afectivo não seremos todos? não andaremos todos na busca de emoções, de sorrisos!? eu não sei!

Beijinhos para ti!

Pearl

Pearl disse...

Quanto ao puzzle ainda não concebido...provavelmente já existam peças desse mesmo puzzle que falas por aí mas ainda não se encaixaram (encontraram)...e como tu estão sozinhas à espera de "encaixe" ou não!

beijo

Rocket disse...

pearl

não tenho dúvida alguma em conseguir algo, nem insegurança. quando muito uma ponta de angústia quando o que quero envolve algum drama.

não predo afecto. não tenho falta dele, de todo. quando me envolvo em alguém é pela necessidade de mergulhar em outrém. de conhecer. gosto disso. e normalmente sou eu que dou, tenho prazer em dar o que sei que ninguém habitualmente recebe. ignoro o que me dão...

o puzzle sou eu que o faço...

beijo

vita disse...

Oh ternurinha não tens uma foto tua para ilustrar este texto? é que o raio do vortex faz-me andar com a cabeça há roda, e rodar por rodar que seja a ver-te..;P

Beijoooooooo

Rocket disse...

vtinha

meteram-te uma cunha, amor? uma foto minha...ah ah ah

bjinhos docinhos bons e mais nada...LOL

Pearl disse...

Se ignoras então não vale a pena dar-te!

beijo

Rocket disse...

pearl

quando muiiito de vez em quando alguém descobre o que gosto, aí vale a pena!

até lá não. eu trato de tudo...

beijo

miriamdomar disse...

Rocket
Não é nada de grave não, eu só li falar de ti!
E podes estar descansado que entre bloggers, as identidades secretas, respeitam-se!
Têm mais feeling!
ehehehhe:))
Bjs

Rocket disse...

miriamdomar

eu estava a brincar com isso...eh eh

bjinhos

Zabour disse...

Hum...depois de tudo o k li, acho k o k queria dizer já foi dito um milhar de vezes,no minimo...
Só te digo que existem no mundo pessoas que fazem a diferença, que marcam a vida e o destino das outras sem saber...
Para mim tu és uma delas e apesar de não te conhecer, pessoalmente, considero-te um iluminado, como já disse ontem à D.Antónia...
Tenho muito gosto em poder partilhar contigo, todos os dias, os teus sorrisos, desabafos, loucuras...neste blog e em outros quando os comentas.
És grande, de muitas maneiras, não é vergonha nem arrogância saberes que és assim...antes pelo contrário ajuda-te a evoluir...

Gosto muito de ti...
Mil beijinhos

Su disse...

gostei de ler.t-----para q dizer mais.............está tudo ali nas linhas, nas entrelinhas..........
gosto do teu ser.......

jocas maradas....sempre

Rocket disse...

zabour

ok...obrigado pelas tuas palavras...quando ditas por alguém na minha presença, para desanuviar a pompa, costumo dizer o seguinte: eu também gosto muito de mim... ou então dou beijinhos nos bíceps, ou faço festas pelo corpo todo... mas depois acaba-se à gargalhada...

queria lançar algo a seguir para nos rirmos...

beijo

Rocket disse...

su

já te conheço o suficiente para saber que poderíamos ser amigos com facilidade...

jmas

Laura disse...

Hey puzzle man,
Não estava à espera disto! :)
Adorei ler-te, saber-te, quase te imaginei, aqui e ali.
Beijos que voam

Rocket disse...

top model

só te faltou saborear-me... : )

flap kiss

Fragmentos Culturais disse...

... achei interessante ler a 'tua' crónica de costumes... mas, desculpa tudo me pareceu 'so fake'!

É interessante ver o fenómeno deste lado!
Claro! Está divertido!Mas não 'cheira' a verdadeiro! É um mundo inventado! Só para ver como 'elas' reagem...

Mas bem escrito! Sintaxe perfeita! O ritmo certo!

Abraço,
... bem escrevi no primeiro comentário:'outro bendito entre as mulheres' ;)

Rocket disse...

fragmentos culturais

mas maldito para ti... não sei quem te fez o quê, mas EU não tenho culpa...
conheço bem o teu género, entre muitos... queimada com os homens, agora és tu que cospes fogo.

não reajo muito bem a acusações de falsidade, e entre 'elas' existe quem me conheça... e até quem não comentasse este post porque sabe que é bem assim.

não foste digna de ler isto e não serás benvinda aqui.

ivone disse...

não te conhecendo de lado nenhum sabes como te apelido? és um "lutador" nato
vais à guerra dás e levas arquitectas estratégias defensivas e ofensivas bombásticas.
e para te conhecer um pouco melhor tentando assim não fazer figura de parva em frente a todos os teus amigos li o post com muita atenção fui "aqui" e outra vez "aqui" sempre que tu dizias para ir e após algum tempo ainda dei uma vista de olhos pelos anteriores.
com tudo isto já lá vai quase meia hora que ando por aqui rs

seja como for és um must acredita que sim

Rocket disse...

ivone

apenas vou referir algo muito importante do teu comentário: os meus amigos.

são todos daqui.

tirando a xunana, minha amiga pessoal (e das melhores) e de outras duas pessoas que de facto criaram comigo amizade fora deste âmbito...

e essa ressabiada com os homens que
me comentou aí atrás...

todos os outros são como tu...não me conhecem pessoalmente.

mas tu sentiste que eram de facto meus amigos. pois bem, é assim que o sinto, também.

beijos

Magucha disse...

Para poderes voar tão alto, não podes ter pesos que te prendam... E tu foste feito para voar tão alto que dás cabeçadas nos satélites! =)

Jinhos puzlescos!

Rocket disse...

maguinha

tu entendes-me.

bms bons

Magucha disse...

Rocket,

Não é muito difícil entender-te. Também sou um pouco águia. =) Só espero conseguir um dia voar tão alto, em vez de sufocar no tédio... Tens de me explicar o truque.

Rocket disse...

magucha

eu vejo isso...

no strings... ah pois é!


bms

By myself disse...

Ainda se diz que a frontalidade fere ou incomoda. Aqui está prova de que consegues ser reconhecido, elogiado, admirado por assim seres.
Mesmo que enfatizando certos factos, romantizando outros, há que entender que só o faz quem domina as palavras como tu...e pelo que teho lido, os sentimentos tb.

Para ti um beijinho de admiração.

Rocket disse...

by myself

nem sempre dominei os meus sentimentos... houve alturas em que não o quis.
não resulta.
conhece-se céu... e inferno.

prefiro viver...

bjos

LeniB disse...

É assim mesmo! Mais vale só do que mal acompanhado! Para más companhias bem bastam as do emprego!
bjs

Rocket disse...

lenib

mai nada!

bjos

Safira disse...

O chato de ser das últimas a comentar é que uma pessoa acaba por repetir um pedacinho de tudo o que já foi dito. Poderia citar o Pinguim ou a D. Antónia, que 'falaram' muito bem mas acho que mereces o meu toque pessoal. Sou normalmente parca em elogios, não por minimizar as pessoas ou os seus feitos, mas porque a admiração e o respeito são algo que eu sinto cá dentro e que devolvo mais com acções ou mimos do que com palavras. A não ser que haja um feito extraordinário, (ou que beba um copo a mais) fica cá dentro. Coisas por que passei que me fazem ser assim, contida, e ter pouca fé em palavras... não interessa! Deixa-me só dizer-te, meu caro, que te admiro e respeito. Por tudo o que escreves, pela forma como escreves, pela sensibilidade e humor que demonstras. Por esse teu espírito de mosqueteiro de intricados códigos de honra. Não tenho pretensões de profiler, mas que és um gajo que gostaríamos de manter por perto, disso acho que ninguém tem dúvidas. Sabes que mais? Tinhas razão quando me disseste que és 'diferente'... És mesmo, Rocketman.
Beijos

Rocket disse...

sapphire

também gostaria de ficar por perto. pelos vistos, e espero que isto se torne algo a assistir...vale a pena gostar de pessoas.

e tu és uma delas.

bjos miaus