segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Os Três (Primeiro).

Ora aí está um desafio, ao qual, com gosto, correspondo: referir três postes antigos desta longa cadeia que iniciei em Fevereiro.
A ideia de me convidar foi da Coragem. Em boa hora veio. Lamentava-me do facto de ter tanta coisa que, como ficou lá para trás, ficaria condenada a um provável esquecimento. Sendo assim, borá lá ressuscitar algo bom...

Este é o primeiro, sobre a monarquia:

King Size
Somos todos monárquicos. Em continuaremos a sê-lo durante muito, muito tempo...
Está entranhado na nossa cultura, o conceito de dinastia.
Até nos nossos genes.

Vejamos: a natureza cozinhou tudo de forma a que, ao atingir a maturidade pudéssemos procriar. Dá-nos mais uns anitos para cuidar das crias e depois brinda-nos com um pontapé no cú. O que interessa é a dinastia genética...
Ginásios, spas, reikis e afins apenas representam uma luta contra essa realidade. Luta essa que vai ser ganha dentro de duas gerações.
Já se conhece o truque... é o Late Blooming biológico (tentado em moscas e a seguir em nós...) que talvez até represente o segredo da minha própria juventude — com 17 anos tive a minha primeira namorada a sério enquanto os meus amigos já tinham corrido o quarteirão das mesmas (foi uma vergonha até aparecerem os meus primeiros pelos)... Agora parecem todos estar com os pés para a cova e eu a começar. Qualquer dia sou pai outra vez... quem sabe...

Mas voltemos à monarquia... quando se fala de representatividade institucional não existe uma alternativa credível, pois o conceito de presidencialismo, nas suas variadas versões, é um remendo mal acabado...
A treta de que o poder dinástico vem de Deus já não funciona tão liminarmente, mas, se o pressuposto que tudo é divino for válido...

Contudo, é a vertente sociológica que me interessa abordar. Todo o imaginário está prenhe de imagens dinásticas. Chamamos Princesas a quem vimos como tal. Elvis era The King, não the President...
Os barões do PSD não são barões...mas tratam-nos assim. O Delfim do Jardim Gonçalves, numa luta dinástica retirou-se do trono, que foi ocupado por outro. Que se calhar gosta do Rei Pelé... E por falar em brasileirada lembro-me do Rei Momo. O Objectivo de quem lança um produto é atingir o topo: o trono. A Abelha que pariu é a Rainha. No Alien também havia uma.
...Qué queu sou? Qué queu sou? Qué queu sou? Qué queu sou?
Sois Rei! ...Sois Rei! ...Sois Rei!
It's Good To Be The King! E o Conde, ofende-se quando lhe chamam isso?
E duques? Só me saem é... Pois é, gostaria dum jogo de cartas em que presidentes, secretários, vices etc, substituissem valetes, damas e reis...
Os Ases eram os campeões da realeza...

E ser um Cavalheiro? Tem muito que se lhe diga, mas a base vem da Cavalaria, a Arma dos reis...

E tudo o que é Classe tem reis e rainhas: os cozinheiros, os espiões, os assassinos, os carpinteiros, as putas, os advogados...
...Sei lá, às tantas ocorrem-vos mais ainda...


E... qual é a senhora que não tem um certo fascínio por um King Size?


...A Mónica Lewinsky?...

40 comentários:

D.Antónia Ferreirinha disse...

Ai homem tu brindaste-me com um comentário tamanho xxxxlllll, mas eu adorei .
Olha que se com 17 anos brindaste a 1º namorada com cenas daquelas eu imagino sinceramente que agora não tenhas dificuldade absolutamente nenhuma em seres de novo pai.
Isto é um pequeno comentário onde tentei associar o que acabei de ler com o que escreveste em comentário, embora me pareça que não tenha qualquer ligação.
Voltarei amanhã para aprofundar a interpretação da leitura.
Beijos ó bommmmm.

Rocket disse...

d.antónia ferreirinha

ei... se for pai de novo é só daqui a dois ou três anos, ou mais...

eh eh

bjinhos

Casal Tuga disse...

Não é preciso ver os antigos, para vermos, que tens realmente muita qualidade! :-)

Bjs & Abraços

Rocket disse...

casal tuga

é pena que estajma para ali esquecidos. de quando em vez alguém me diz que os descobre...

bjos & abraço

Mlee disse...

Mano, é engraçado, à semelhança do que faço há anos com os livros, comecei, também com os blogs, a guardar alguns textos que acho especiais ou que me marcaram de alguma forma.
Teus, já tenho alguns, este, é um deles ... hehehehe ... venham de lá os outros dois... a ver se a coisa bate certo ... :)
Beijinhooooooooosssssss
PS - Pai daqui a dois anos, oh giraço?? hehehehe.

Mlee disse...

Mano, é engraçado, à semelhança do que faço há anos com os livros, comecei, também com os blogs, a guardar alguns textos que acho especiais ou que me marcaram de alguma forma.
Teus, já tenho alguns, este, é um deles ... hehehehe ... venham de lá os outros dois... a ver se a coisa bate certo ... :)
Beijinhooooooooosssssss
PS - Pai daqui a dois anos, oh giraço?? hehehehe.

Rocket disse...

mlee

com a nossa sintonia, um deles bate... decerto... é extremamente intenso... : )

bjinhos, maninha

Rocket disse...

maninha, eh eh, muuuuito engraçado!

blueminerva disse...

Fantástico... de uma lucidez impressionante!

Até as peças do xadrez estão dispostas por classes.

beijocas

Rocket disse...

blueminha

ui...faltará muita lua até deixarmos de brincar aos reis e rainhas...

beijos, sereia

apenas um gajo... disse...

E a palavra 'nobreza' sempre se associou a algo de superior, será que continuamos a viver o sonho de sermos princesas e principes encantados?

Abraços

Rocket disse...

apenas um gajo...

quando nos sentimos encantados...sim.

mas nunca me lembro de mim... sapo! ah ah ah


abraço

Patti disse...

Visão bastante original.

Já não há, é príncipes como antigamente..... nem princesas.

Rocket disse...

patti

welcome!
olha que os príncipes foram sempre homens como os outros... não existiam era holas, jornais e tvi...

Tá-se bem! disse...

ahahahah Gostei, como sempre!

A minha opinião já é suspeita.. eheheh mas foi bem escolhido... memo!

Abração

vita disse...

Oh ternura já tinhas uns dois meses de blog quando te "conheci" mas tenho vindo aos poucos a ler todo o resto, já me falta pouco para ter lido tudo, e desde o inicio que cativas, os teus posts têm todos um significado, muitas vezes com uma análise profunda outras com três ou quatro palavras e todos com uma interpretação lúcida, coerente e grande estilo.

Logo posso dizer-te que à semelhança deste (que já tinha lido) todos os outros valem a pena, pena só serem três:)

Beijos querido

Rocket disse...

tá-se bem!

com estes posts quase estou como com a minha massada de marisco: só mapetece é repetir!

abração

DALAPA disse...

E viva o rei

Tu estás no teu, e não está nada mal.....

Deixa lá a Dª Monica...... essa não se safou com o King quanto ao Sise ela lá saberá.....

xi

Rocket disse...

vitinha querida

é como disse ao tá-se!

também tenho pena...sei lá...

qualquer dia começo a fazer como as tvs, depois dos filmes abandonarem o circuito comercial...

bjinhos ternurinhos repetidinhos

Rocket disse...

dalapa

a mónica...deve estar mais para lá que para cá...LOL

abraço

BlueVelvet disse...

Como li todos os posts que escreveste já tinha lido este.
Embora pertença a uma raça esquisita porque sou monárquica convicta , mas de esquerda:)), acho este post extremamente bem escrito, aliás como a maior parte dos que publicaste.
Está muitíssimo bem analisado e cobriste minuciosamente todas as àreas.
Isto sempre feito com um humor que perpassa nas entrelinhas.
Muito bom.
Agora, só uma curiosidade:como sabes que o Bill Clinton não era King Size?
beijinhos de princesa

Rocket disse...

bluevelvet

acredito mais na mónica como detentora duma presidential suite... isso sim, criação da hotelaria americana...

deixa lá a realeza por aqui... na europa.

bjinhos velvetzinhos

Safira disse...

Há por aí muito título, sim... mas realeza nem sempre rima com nobreza. A de carácter, que é no fundo, a única que importa! Há muito moço de estrebaria a valer mais do que o dono do cavalo que tem de selar.
E eu cá não trocava o Dartagnan pelo Luís XIII...

Vénias respeitosas,
Princess Sapphire

Rocket disse...

princess sapphire


perante vós me inclino...


d'artagnan

Safira disse...

Ah, bolas! Devia ter assinado Julieta, então! ;)

Beijinhos, nobre mosqueteiro

Rocket disse...

sapphire

princess sapphire é, de longe, mais belo...

bjinhos


dartacoiso

jasmimdomeuquintal disse...

Rocket
aind abem que aceitaste o desafio, porque adorei ler-te. Tens queda para rei... de qualquer coisa nem que seja das tuas crias...
bjocas

Rocket disse...

jasmim

it's good to be the king... : )

beijos

Zabour disse...

Salvé, El Rei D. Rocket!!!!!
Dentro do meu reino sou a rainha, fora dele acho que prefiro uma democracia que funcione em pleno mas que respeite o espaço de cada um.
King size?Ena...Size matters?
Para mim o que interessa é o desempenho...if you know what I mean...
E depois os homens não se medem aos palmos...ou medem?
beijinhos

Carla disse...

ehehehe eu já tinha lido...gostei na altura e gosto agora
beijos

Rocket disse...

zabour

a medida de um homem é a do seu horizonte...

beijos

Rocket disse...

carla

eu também gosto sempre de te reler...

beijos

Su disse...

ops não vou dizer q este fim de semana andei por aqui a ler tudinho.............ok já disse

jocas maradas

Rocket disse...

su

eu de quando em vez também leio... escrevo para me dar prazer posterior no acto de leitura...

ainda bem que tu o tens...


jmas

Tita disse...

monarquicos? eu sou mais anarquista :D

beijo

Rocket disse...

tita

e se fores a rainha dos anarcas?

beijo

pinguim disse...

Ao principio assustei-me; querem ver este tipo a pedir que o senhor dom duarte assuma o poder?
Mas não, está muito bem engendrado o texto e com muitos exemplos a realçar que afinal a realeza até é gira...
Abraço.

Rocket disse...

pinguim

o poder já é monárquico... lembro-te o conceito de clã, enraizado na economia portuguesa...

abraço

Fragmentos Culturais disse...

... bem, para dizer a verdade, não sou fumadora :)

Acho a ideia bastante interessante!
Mas, vim essencialmente para agradecer teu[s] olhar[es] em 'fragmentos'!

Quanto a Manoel de Oliveira, encontrarás lá a resposta...

Um beijo
... já tinha saudades de ouvir 'Slave to the rhythm'... embora goste bastante mais do 2º tema!

Ah! Outro 'bendito' entre as mulheres?!?
;)

Rocket disse...

fragmentos culturais

boa!

quanto ao manel de oliveira...não há resposta possível, sorry...

o slave deu o nome ao blog...

bendito entre as mulheres? isso não era a nossa senhora LOL

beijo