domingo, 3 de agosto de 2008

mas ka ganda galo...

O camponês resolve trocar o seu galo por outro que desse conta das inúmeras galinhas. Ao chegar o novo galo e, percebendo que perderia as suas funções, o velho galo foi conversar com o seu substituto:
- Olha, sei que já estou velho e é por isso que o meu dono te trouxe aqui, mas será que podias deixar pelo menos duas galinhas para mim?
- Que é isso, velhote?! Vou ficar com todas.
- Mas só duas... - ainda insistiu o galo.
- Não. Já disse! São todas minhas!
- Então vamos fazer o seguinte: - propõe o galo velho - apostamos uma corrida em volta do galinheiro. Se eu ganhar, fico com pelo menos duas galinhas. Se eu perder, são todas tuas.
O galo jovem mede o galo velho de cima abaixo e pensa que de certeza que ele não o consegue vencer:
- Tudo bem, velhote, eu aceito.
- Já que realmente as minhas hipóteses são poucas, deixa-me ficar vinte passos à frente - pediu o galo.
O mais jovem pensou por uns instantes e aceitou as condições do galo velho.
Iniciada a corrida, o galo jovem dispara para alcancar o outro galo.
O galo velho faz um esforço para manter a vantagem, mas rapidamente é alcançado pelo mais jovem.
No momento em que o mais velho ia ser alcancado pelo mais novo, o camponês pega na sua caçadeira e atira sem piedade no galo jovem.
Guardando a arma, comenta com a mulher:
- Não estou a entender! Já é o quinto galo gay que compramos esta semana!

46 comentários:

D.Antónia Ferreirinha disse...

A velhice é posto e acarreta o traquejo que falta a muitos jovens presunçosos.
Há que saber utilizar a a inteligencia que se tem com a esperteza e astúcia que se adquire com a idade.
Gostei.
Beijinho.

Rocket disse...

d.antónia ferreirinha

pois é...

eu cá estou longe dos dois... não levo nem um tiro, nem quero só duas...eh eh

mas achei graça à história...

bjinhos

pinguim disse...

Dando algum desconto à homofobia do camponês, a história mostra bem quanto a experiência e sabedoria valem mais que a agilidade e juventude...
Abraço.

Rocket disse...

pinguim

desculpa, mas o camponês não era homofóbico...ele saberá lá o que era isso...
queria apenas um galo que mantivesse o flow de ovos por ali...

é como no godfather (está lá tudo)...just business...

abração

Coragem disse...

Bom espero que a tua história não coloque ideias malucas na cabeça de muitos que sofram de homofobia ahahahhahaha

Mas é verdade e digo-a vezes sem conta, quando o corpo já não ajuda, há que saber usar a cabeça( ou outras coisas)
Eu prefiro que se use ambos o corpo e a mente eheheh

Beijo miudo

Rocket disse...

coragem

esquece a homofobia, não existe cá na freguesia...

eu também... ui, então eu, que passo a vida a puxar por ele...

bêjos môça

vita disse...

Ternurinha com a idade a sabedoria aumenta, e ser inteligente ajuda.
Se bem que uma boa dose de esperteza tambem convem..loool


Beijos querido

Su disse...

eis a experiencia a ganhar terreno:))))

jocas maradas

Rocket disse...

vita

é só vantagens... : )

bjinhos bicadinhos

Rocket disse...

su

ganhar terreno? o negócio do galo era outro...eh eh

jmas

Kikas disse...

Moral da história: "Nunca subestimar os mais velhos!" ;-))

blueminerva disse...

Ahahaha... velho e sábio o galináceo.
beijocas.

Rocket disse...

kikas

nunca. esta sociedade perdeu muito com isso. sempre ouvi e ouço quem tem mais idade que eu... é com eles que aprendo.

bjinhos cavalinhos

Rocket disse...

blueminerva

ganda galo...

beijo, sereia

Zabour disse...

Confesso que quando comecei a ler pensei que fosse uma fábula ao género de "A lebre e a tartaruga".
Como sempre conseguiste surpreender-me, pela positiva, claro! Quando vivia no Alentejo ouvia muitas vezes as velhotas dizerem que "panela velha dá melhor comida". Acho que era a forma brejeira de dizerem que "antiguidade é um posto" pelas mais diversas razões. Eis um bom motivo para nunca nos sentirmos velhos e inúteis.

Rocket disse...

zabour

os penhascos da arrábida esperam pelo dia em que me sentir velho... espero ter a mota arranjada...

beijos

Kikas disse...

Eu ainda continuo naquela fase adolescente de que os velhos viveram noutros tempos e não sabem como é agora...

Rocket disse...

kikinhas

os pormenores do "agora" são minúcias... a experiência de vida refere-se à essência das coisas...

... fosse qual fosse a idade que tivesse, sempre abri a orelha...
alguém que "se viveu" tem sempre muito mais para te ensinar que alguém que "te quer viver"...

se uma pessoa de mais idade não sabe o que é um mp3 ou não conhece a amy winehouse, decerto conhece o caldeirão de onde nascem essas coisas...

bjinhos cavalinhos

Mlee disse...

Lindo!
hehehehe ... retiro o "puto giraço"? hahahahaha ...
beijinhos manooooo.

Rocket disse...

mlee

podes continuar a chamar-me isso, no problem, sis...

beijinhos maninhaaa

Safira disse...

Mais um tolinho (o camponês)que se deixa enganar pelas aparências... E o galo velho, aproveita!

Beijocas
PS: E as parvas das galinhas, não faziam nada? Ou o galo era muito bom, ou as miudas eram muito totós!! ;)

Safira disse...

Esqueci-me de clicar no checkbox...
Fogo, estou a ficar velha, como o galo. :)
Já tá!

bjs

BlueVelvet disse...

Lá diz o povo, que é sábio, que " quem tudo quer, tudo perde"...
A única coisa boa de envelhecer é ficar com o tal saber "de experiência feito".
Bonito saber que tem esses sentimentos para com os "velhos".
Beijinhos, veludinhos e boa semana

Rocket disse...

sapphire

o galo devia ser mtabom... há-os assim, mesmo com mtaidade...olha o rasputine...

bjinhos miaus

Rocket disse...

sapphire

outra vez? checkbox? era bom que desse cheques...

bjinhos miaus

Rocket disse...

bluevelvet

outra leitura da mesma "parábola"...

para mim não há velhos, assim como desconheço o termo "juventude"... são coisas do hitler...

bjinhos e veludinhos

Safira disse...

Eu é mais xeques, mesmo. Mas ando desinspirada...;)
Bjs

Ps: a 'checkbox' é aquele quadradinho no form do comentário que te permite o follow up dos comentários a um post sem estares sempre a ir lá ver. é um descanso! ;)

Rocket disse...

sapphire

hum...tens que me ensinar isso...nessas coisas sou um puto...


ah...já vi...é assim que recebo os comentários...

vou fazer quando comentar...

bjinhos miaus

DALAPA disse...

Há que saber "cantar de galo" ....
Uns sabem, outros levam balázios
eheheheh

Boa história....

xi

Rocket disse...

dalapa

boa! é isso mesmo...mas eu prefiro sussurar de galo...eh eh

abração

vita disse...

E que bem que sussuras meu querido.;)

Beijoooooooo ternura

Rocket disse...

vitinha

o sussuro é o tom do pecado...

. )

bjinhos pecadores

jasmimdomeuquintal disse...

esperteza de galo velho... nunca confiar...
bjocas

Rocket disse...

jasmimdomeuquintal

ora bem... ou então, se for nosso amigo, tanto melhor... : )

bjinhos

lilipat2008 disse...

Pode ser velho, mas tem muita sabedoria...

bjitos

Rocket disse...

lilipat2008

é por ser velho que a tem...

bjinhos

Tá-se bem! disse...

Alguma vantagem havia de trazer a experiência... muitos anos de galinheiro loooool :D

Saltei as arranhadelas da barba mas vi os vídeos ehehehehe

I´m back :p

abração :)

Rocket disse...

tá-se bem!

tu não largas cu do lobo, man...

abração

Sorrisos em Alta disse...

Para que fique claro: percebi o contexto.

Fiquei foi com vontade de poder ter liberdade para mandar uns tiros de caçadeira num ou dois que são incompetentes a cumprir as suas tarefas

Abraço

Rocket disse...

sorrisos

não estão de férias? também posso atirar? é só ir aí à miguel bombarda, né?


abração

Maria Manuela disse...

Galo velho com manha de raposa....

muito bem bem...

bjo

Carla disse...

...a velhice é um posto e a sabedoria ganha-se também com o tempo...não só, mas também. Até porque há coisas que só a vivência e a experiência nos oferecem.
gpostei da ironia e do fino toque do teu texto
beijos

Rocket disse...

MM

isto parece la fontaine...LOL

beijo

Rocket disse...

carla

glup...o texto é de autor desconhecido...

beijos

Sorrisos em Alta disse...

É, pois!
Mas receio que seja tempo perdido.
Nem para levar um tiro têm jeito...
;o)

Rocket disse...

sorrisos

oooh... vou então guardar a uzi...

abração