quinta-feira, 5 de junho de 2008

Sons do Tejo

Hoje estou lá. Este homem, um dos maiores guitarristas portugueses vivos, vai apresentar o seu novo álbum. Dolce Barroco.
Pois é. Até o nome denuncia o requinte que ele, de facto, possui. Cozinha com a mesma solenidade com que toca para as mais distintas plateias por esse mundo fora: estadistas, reis, príncipes... e toca para
os outros, como eu, com
a mesma reverência
e humildade.

Podemos encontrá-lo num palácio em Marrocos, ou num botequim em Cabo-Verde, numa cadeira forrada a veludo ou numa outra de plástico... com cães a latirem ao fundo da rua. O resultado é sempre o mesmo: a magia duma guitarra a calar, suavemente, o mundo.
Escreve e fala com a mesma generosidade com que afaga as cordas. Como se de família se tratasse, quem o ouve ou lê.
Sons do Tejo um dia forrará um filme. E nesse dia talvez o mundo conheça, ou adivinhe, a excelência de ser humano que é Silvestre Fonseca. Um dos nossos melhores portugueses.

Quem toca, aqui, é a sua filha, Inês.
Abençoada por ter um pai assim.

24 comentários:

LeniB disse...

Coheço os sons do tejo, de outras eras, de outras quimeras...
Aprecio a simplicidade, a humildade nos homens e, se por acaso souberem dedilhar com mestria as cordas, ainda mais os aprecio.
Que sorte tens em conhecê-lo e obrigada por no-lo dar a conhecer.
bjs

Rocket disse...

lenib

tenho, de facto, sorte. o silvestre é daqueles que, em última instância, nos faz manter a fé nos outros a todos os níveis, não só no humano...

bjs

Safira disse...

Sempre a aprender...correndo o risco de ser banida para sempre deste espaço de saber, não conheço a música do senhor. Mas fiquei curiosa ao ler-te. Cumpre-me documentar-me para preencher uma evidente lacuna para quem gosta de música.
Beijinho

Mlee disse...

Lindo, lindo, lindo. Não conhecia. Jocas mano. E toca onde? ou é concerto limitado a convite?

Rocket disse...

safira

carrega no link que ficas a conhecer...e se fores ao tio google ainda conheces mais...

beijinhos

Rocket disse...

mlee

é hoje, na igreja de alcântara( tinha que ser num sítio assim...) às 21h30. não sei se é limitado, porque fui convidado por telefone, mas se queres ir, aparece. julgo que me conheces logo pela pinta de pilha-galinhas, eh eh. e traz quem quiseres...
...com arcanjos entras em todo o lado

bjinhos e até logo mana perdida

Coragem disse...

Espera rocket, vou só buscar o casaco, estou pronta...vamos?

unir a simplicidade ao som de uma guitarra, é divino.

beijinho

vita disse...

Tens a noção que te vão aparecer quase todas as leitoras deste blog (as de lisboa)logo à porta da igreja de alcântara??

Quanto aos sons do tejo é realmente algo de encantar..;)

Rocket disse...

coragem

é, traz o casaco que tarda o verão por aqui... : )

a simplicidade é algo complexo, difícil de atingir. uns procuram-na e só encontram a pobreza. o silvestre consegue-o. lida com todo o tipo de realidades sempre com a mesma elegância...
e a tocar guitarra portuguesa...ui!

bjinhos

Rocket disse...

vita

ai é? então levo uma câmera dissimulada...eh eh.

sons do tejo está aqui porque é das minhas favoritas, o silvestre compôs muitas outras...

e este homem é de lisboa. escrveu um livro delicioso com base nas suas vivências nesta cidade...

bjinhoooo

vb disse...

Bem, infelizmente parece que já vou tarde. Ainda estou em casa e o concerto já deve ter começado.
Resta-me desejar um bom concerto aos que se deslocaram à igreja de Alcântara.

vb disse...

Parece que já vou a tempo.
Resta-me desejar um bom concerto aos que se deslocaram até à igreja de Alcântara.

Rocket disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rocket disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rocket disse...

vb

foi muito bom...o silvestre além de excelente músico é um senhor do palco com um excelente senso de humor...
abraço

Rocket disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rocket disse...

Tá-se bem! deixou um novo comentário na sua mensagem "Sons do Tejo":

Gosto muito do som da guitarra.. cheguei a aprender, mas nunca tive o dom da musica... No entanto aprecio muito!

Gostei de conhecer!
Abraço

Rocket disse...

Patti deixou um novo comentário na sua mensagem "Sons do Tejo":

Também não conhecia e gostei imenso de ver e ouvir o vídeo.

Foi bom divulgares.

Rocket disse...

Afrika deixou um novo comentário na sua mensagem "Sons do Tejo":

Que bela homenagem! Infelizmente poucos sao os que as fazem enquanto a pessoa ainda e' viva! Ja ouvi a filha a tocar... fantástica. So me falta ouvir o pai, suponho que sera de ficar hipnotizada!

Rocket disse...

tá-se bem

o que conheceste foi a filha do silvestre, que é um amor, a acompanhar o diogo chaves na interpretação dum dos meus temas favoritos do pai dela.

agora já toca em primeiro plano. vai ao google, encontras muito mais coisas sobre ele... e maravilha-te.

um abraço

Rocket disse...

patti

ouve um acidente com os comentários mas o teu e outros apareceram com porta voz...eu

sons do tejo é um original do silvestre fonseca, tenta ouvi-la tocada pelo próprio... e as outras se puderes...

beijinhos

Rocket disse...

afrika

também te aconteceu o mesmo...

hoje à noite ouvir guitarra clássica a acompanhar cravo em peças de bach foi realmente hipnótico...

bjos

Anónimo disse...

Ana disse...
Realmente temos sorte em ter a sua amizade,conhecer a sua musica e desfrutar da sua humanidade.Foi uma excelente escolha "Dolce Barroco".Como sempre foi um momento de magia.E na igreija a velinha em seu nome ficou acessa...e fica a esperança que venham muitos mais cd's.Força Silvestre e obrigada.
Bjs

Rocket disse...

ana

barroco é magia e o silvestre ressuscitou-a...

bjinho